top of page

Uma Pimenta pra Fazer Elefante Correr de Medo

Bhut Jolokia é uma das pimentas mais ardidas do mundo e é usada para espantar elefantes na Índia


A cara e a fama de má da pimenta Bhut Jolokia atravessaram oceanos e ela ficou conhecida nos Estados Unidos como Ghost Pepper. Foi uma tradução um tanto grosseira, pois o significado desse nome é, na verdade, pimenta do Butão. Mas, apesar de errônea, foi uma tradução que faz um certo sentido, afinal Bhut quer dizer fantasma em Hindi. Mas de onde veio a ideia de chamar uma pimenta dessa maneira?


Ela pertence à mesma família do tomate, batata, berinjela e tabaco... e à espécie Capsicum chinense que é a mesma espécie de uma pimenta muito conhecida pelo brasileiro, especialmente pelo mineiro, a Pimenta Biquinho. Só que, enquanto a Biquinho não arde nadinha de nada, a Bhut Jolokia recebeu em 2007 o título de pimenta mais ardida do mundo*. Isso porque a primeira não tem nada de capsaicina e a segunda pontua 1 milhão de SHU (Scoville Heat Units). Ou seja, é necessário diluir 1 mL do extrato da pimenta Bhut Jolokia em 1.000.000 mL de água (= 1.000 L) para que a ardência deixe de ser percebida. Começou a entender a fama de má que essa belezura tem?


Pois bem. Por conta dessa ardência extrema, ela não é tão utilizada na culinária, nem mesmo na Índia, país onde a variedade foi desenvolvida. Claro que há quem goste e há umas tantas receitas que utilizam especificamente esta variedade nos estados de Assam, Nagaland e Manipur. Agora, onde ela é bastante utilizada é nos concursos de pimenteiros (sim, daqueles para ver quem aguenta comer mais pimenta), com relatos de gente que passou mal e precisou de socorro médico.


Acontece é que a região onde ela é cultivada é também local de residência das maiores populações de elefantes na Índia, com centenas de relatos de pessoas sendo mortas por ataques desses animais. Como elefantes não comem pimentas e são repelidos pelo odor das mesmas, alguém teve a ideia de utilizar a Bhut Jolokia para preparar bombas de fumaça nos locais de entrada da cidade para manter os paquidermes do lado de fora. Se a ocupação das áreas pelo ser humano ocorreu de maneira planejada e preservando o habitat natural dos elefantes, eu não sei, mas parece que a 'pimenta fantasma' funcionou para manter a população segura.


No Brasil, é possível encontrar essa pimenta em feiras e centrais de abastecimento. E é claro que a gente resolveu desenvolver uma geleia usando a Bhut Jolokia. Misturada com goiabas vermelhas, o resultado é uma geleia picante (uma das mais picantes da nossa coleção) e que harmoniza muito bem com carnes, especialmente carne de porco. Combina também à perfeição com queijos maturados com casca mofada. Costumo dizer que essa é a minha versão adulta do tradicional Romeu e Julieta**.


Mas pode ficar tranquilo pois a quantidade que a gente usa não é suficiente para matar nem tampouco para afugentar animais. No máximo, ela vai arrancar uma lágrima ou duas de pessoas que não estejam muito habituadas com a capsaicina... mas essa é a graça e o prazer de se comer uma boa pimenta.



*Atualmente, ela não é considerada mais a pimenta mais ardida do mundo, pois perdeu o posto para a Trinidad Scorpion e a Carolina Reaper, mas continua sendo a mais ardida da Índia.


** Queijo fresco com goiabada









197 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page