procurando produtos para encantar os clientes da sua loja?

Vamos quebrar uns Cocos?

Atualizado: Fev 13


Se você assiste filmes indianos, já deve ter visto cenas em que as pessoas quebram o coco seco com a cabeça. Mas você já parou para pensar qual a razão para isso?


Antes de responder, deixa te contar que o coqueiro é uma planta sagrada para os hinduístas e os cocos são considerados símbolo de boa sorte. Oferecido a uma divindade, o coco ajuda a realizar um desejo. Cortar um coqueiro, jamais! Ela é o trono de Lord Narayana e deve ser preservada.


Já o coco seco representa o ego e quebrá-lo com a cabeça diante do altar é um ato de submissão a deus e também de libertação do passado.


Afora toda a simbologia associada à planta ou aos seus frutos, o coco é um ingrediente super presente no estado de Goa e em outros do sul e sudoeste da Índia. Seja na forma de óleo (sim, indianos usam muito o óleo de coco na cozinha e também como cosmético) ou ralado, ele está presente em tudo: em molhos, doces, bebidas e, claro, curry.


No preparo do curry de coco, é preparada uma mistura de consistência pastosa de especiarias e coco levemente queimado. É o que se chama ghassi. Esse ghassi é adicionado à base do curry, composta de óleo (de coco, claro), especiarias, cebola, alho e gengibre e apurada devagarinho até obter um molho saboroso, cremoso e aromático.


Animou? Que tal preparar o curry típico do pequenino estado de Goa em casa, então?

Confira, em 0:36, a cena do pai quebrando o coco na esperança de ter seus filhos selecionados para o time de cricket.




Prestou atenção na música e teve a impressão de estar entendendo? Não, não é milagre, não. O estado de Goa foi uma colônia portuguesa até bem recentemente (1961). Então, tem muitas palavras na língua local (Konkani) que vieram da nossa língua pátria!






3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
Rua Hortência, 411 - Bairro Esplanada - Belo Horizonte, MG - CEP 30.280-250
English version - Deli Chat no site da Specialty Food Association
 
2021. Todos os direitos reservados
Desenvolvido por Oxya Agro e Biociências