Desenvolvimento Econômico lança Catálogo do Circuito Mineiro de Oportunidades e Negócios




A Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Sede) lança nesta sexta-feira (5/2) o catálogo “Circuito Mineiro de Oportunidades e Negócios – Boas Histórias”. O material, desenvolvido pela Diretoria de Apoio aos Pequenos Negócios e Cooperativismo, apresenta os resultados dos dois últimos anos do projeto, que promove a aproximação e inserção de pequenos negócios com fornecedores do segmento supermercadista. Criado em parceria com a Associação Mineira de Supermercados (Amis), o Circuito Mineiro de Oportunidades e Negócios (CMON) é resultado de ações do Estado focadas nas vocações econômicas de cada região de Minas Gerais. Para o secretário adjunto da Sede, Fernando Passalio, por muito tempo o poder público colocou diversas amarras ao setor produtivo, impondo excessiva regulamentação que acaba, por fim, prejudicando a liberdade de escolhas e de oportunidades das pessoas. “Felizmente, estamos em tempos de mudanças profundas em nosso ambiente de negócios. Há espaço e oportunidade para se presumir a boa-fé do cidadão, especialmente no exercício das atividades econômicas”, afirma Passalio.



Projeto Originado do Circuito Mineiro de Compras Sociais, o projeto passou por mudanças para atender diretrizes da atual gestão. No primeiro ano, o CMON, que passou a adotar como tom a política de fomento aos negócios, expandiu a sua atuação, incluindo edições em mais regiões do estado. Assim, em 2019, foram realizadas nove rodadas do Circuito: Divinópolis, Ipatinga, Uberlândia, Pouso Alegre, Montes Claros, Teófilo Otoni, Juiz de Fora, Belo Horizonte e Araçuaí. Ao todo, foram capacitados 272 pequenos negócios e 539 pessoas, além da distribuição de 138 vagas em estandes de feiras de negócios do setor supermercadista. Para o subsecretário de Desenvolvimento Regional, Douglas Cabido, o Circuito tem uma dinâmica interessante, que atrai participantes já veteranos. “Representam cerca de 70% as pessoas que sabem da oportunidade que o Circuito Mineiro proporciona e retornam nas edições seguintes. Isso, porque, elas conseguem fazer negócio e dão valor a isso”, afirma Cabido, garantindo que o reconhecimento também vem dos supermercadistas. De acordo com pesquisa realizada com os participantes, 84% avaliaram o workshop como aprendizado aplicável ao negócio; 40% aumentaram a produção em até 20% para atender nova demanda; 26,7% contrataram novos colaboradores para seus negócios; 46,7 % fecharam negócios no Circuito Mineiro de Oportunidades e Negócios; 75% receberam algum tipo de retorno da negociação; 53% fizeram melhorias nos seus produtos; 29,00 % estão com negociações em andamento; 42% fecharam mais de um negócio durante a Superminas; e 53,3% melhoraram a divulgação de seus produtos via redes sociais e sites. Encontros Virtuais 2020 Com o atual cenário gerado pela pandemia de covid-19, o CMON, que até 2019 ocorria de forma presencial, tornou-se virtual. Diferente da metodologia executada até então, o encontro entre empresas fornecedoras e compradoras passou para Rodadas de Negócios Virtuais, com tempo estimado de 15 minutos de negociação. Na sequência, havendo interesse entre empresas, o produto é encaminhado para aprovação e posterior fechamento de negócios. Neste ano, foram realizadas cinco edições on-line, atendendo as regiões da Zona da Mata; Vales do Aço, Rio Doce, Mucuri e Jequitinhonha. Os encontros também foram focados no setor de panificação, nas regiões Metropolitana de Belo Horizonte e Centro-Oeste, além da Feira Virtual - Conexão Amis. Ao todo, 267 empresas foram capacitadas; foram realizados 340 agendamentos on-line; 249 empresas em rodadas de negócios realizadas com os seguintes perfis de empresas: 39,96% microempresa – ME; 22,97% Microempreendedor Individual – MEI; 19,03% Empresas de Pequeno Porte – EPP; 11,16% Agricultura Familiar – AF e 7% Empreendimentos coletivos. Os workshops de capacitação e preparação, que já tinham aprovação dos participantes, foram mais bem aceitos durante essas rodadas, sendo que 95,3% das empresas entrevistadas avaliaram que o conteúdo do workshop trouxe aprendizado para o seu negócio. Quanto à geração de negócios, 61,22% das empresas entrevistadas pós-evento informaram que estavam com negociação em andamento. Esses dados e outras informações podem ser vistos na cartilha, além de depoimentos dos participantes do Circuito Mineiro de Oportunidades e Negócios. Clique aqui para conferir o material completo.



Fonte: Agência Minas


0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
logo com aquarela@4x.png

PROCURANDO PRODUTOS PARA ENCANTAR OS CLIENTES DA SUA LOJA?

SOLICITE O NOSSO CATÁLOGO: